Abrace um chapéu

Posted on Dec 12 2014 - 9:03am by admin

Acessório histórico continua em alta nas próximas estações

Você sabia que o chapéu tem tanta história que inclusive ganhou um museu? La Chapellerie, Atelier-Mussèe Du Chapeau foi aberto em 1983, na França. O local reúne peças, memórias e referências de modelos, que surgiram por volta do ano 4.000 a.C, no antigo Egito, na Babilônia e na Grécia. Foi inventado com a finalidade de prender e proteger o cabelo. Muito tempo depois, na Idade Média (476-1453), as mulheres eram obrigadas a cobrir as madeixas e, para isso, usavam uma peça de linho caída sobre os ombros. Uma espécie de véu. Esse era o chapéu delas.

Chapéu estilo anos 50

Chapéu estilo anos 50

Anos depois, as peças viraram capuzes decorados com bordados e jóias e assim foram se transformando até o século XVIII, quando surgiram as chapelarias. As lojas utilizavam feltro, palha, tecidos e artefatos diversificados para confeccionar os modelos e atrair as mulheres, que usavam os chapéus com penteados bem elaborados. Um tanto quando moderno para as mulheres da época, aliás.

A peça fica bem com diferentes estilos de roupas

A peça fica bem com diferentes estilos de roupas

Os modelos com abas largas com fitas entrelaçadas abaixo do rosto surgiram em 1800, depois da Revolução Francesa. As peças, então, ficaram mais charmosas, já que ganharam adornos com cetim, peles, veludo e plumas. Os chapéus grandes, que cobriam todo o penteado, apareceram no começo no século XX e, de lá para cá, são considerados importantes acessórios para proteção do rosto e dos cabelos, tanto do frio no inverno, como dos raios solares no verão.

além de proteger a pele e os cabelos do sol, o acessório pode dar um charme a mais ao visual

Além de proteger a pele e os cabelos do sol, o acessório pode dar um charme a mais ao visual

Nos últimos anos, porém, assim como nos séculos passados, o chapéu voltou a ter notoriedade no mundo da moda. De simples assessório passou a ser, muitas vezes, principal peça de um look. Capaz de transformar um visual. Foram para as grifes, passarelas e, claro, para as ruas. Principalmente depois que celebridades vestiram seus chapéus e aderiram aos estilos gypsy, boho e folk. Foi assim no verão passado, neste inverno e continua na próxima estação. Lembrando que, de Schiaparelli à Chanel, os chapéus foram a atração da temporada nos desfiles da alta costura em Paris e tendência anunciada no Fashion Rio para 2015.

foto11foto9foto8  foto7foto6foto5foto4foto3foto2