Chanel propõe saias e vestidos até o joelho

A grande aposta do desfile da Chanel na Semana da Moda de Paris desse ano foram as saias. As saias até ao joelho foram a peça mais vista nas passarelas, mas os cortes dessas mesmas saias de comprimentos semelhantes variaram muito.

 

Publicidade - LAMG

 

 

 

A grife apresentou saias lápis com bolsos a começar na zona do quadril (modelos elegantes com um toque de ousadia qb), saias que começam com um design afunilado e a meio se transformam em saias plissadas, saias lápis com um efeito de drapeado na zona do quadril e femininas saias com o cós de corte balonê ou evasê.

 

 

 

Outra grande aposta da Chanel foi o trabalho com tecidos delicados que introduzissem alguma transparência ao design das saias, vestidos e blusas apresentados no desfile. A transparência é trabalhada de um modo bem original, valorizando muito as peças de roupa da Chanel.

 

 

Ela tanto é uma transparêcia pontual colocada no vestido para marcar alguns dos pormenores bem estilizados do seu design, como ela é transversal a todo o vestido, sendo nesses casos uma transparência um pouco mais opaca, quase impercetível e apenas denunciada com o movimento das modelos.

 

 

 

 

Onde a transparência acenta melhor é nas saias de muitos dos vestidos apresentados. São saias compridas e algo plissadas que se sobrepõem em camadas, todas elas camadas de tecido transparente e que criam um efeito balonê no vestido, combinado com sofisticadas mangas bufantes.

 

 

Esse é um design bem volumoso e geométrico que encontra uma simetria perfeita no seu conjunto, bem ao jeito de Karl Lagerfeld e da Chanel. A transparência é usada também para valorizar a linha dos ombros femininos, combinada com vestidos de decote tomara que caia com mangas e busto transparentes. A transparência das roupas femininas Chanel tem sempre a subtileza da própria marca, ela nunca é descarada ou reveladora, ela é sempre requintada e elegante.

Imagens por chanel.com

0 comentários… add one

Deixe um comentário